Como identificar os sintomas da sinusite

Resfriado, gripe e sinusite são motivos muito comuns de consulta médica, especialmente quando o profissional deixa parte de sua agenda livre para atender urgências. E também é muito comum a pessoa já chegar com um diagnóstico pronto, querendo “só uma assinatura” para fazer uma radiografia ou tomar um antibiótico. Alguns médicos chegam a fazer o que foi pedido mesmo quando sabem que estão fazendo mais mal do que bem, só para se livrar do paciente. Não dá para ensinar os leitores a fazer diagnóstico de certeza dessas doenças, mas vou dar umas dicas sobre quando suspeitar do quê, e quando procurar um médico.

Duração dos sintomas do resfriado

Duração dos sintomas do resfriado

O blog espanhol El Supositorio publicou há poucas semanas um artigo lembrando os leitores de que os sintomas do resfriado não se curam em apenas dois dias. Além de coriza (nariz escorrendo) e tosse, é normal que um resfriado tenha febre e dor de garganta. Além disso, os sintomas ficam piores por volta do 2º, 3º ou 4º dia de doença, e isso não significa uma sinusite (ou uma dor de garganta bacteriana, daquelas que precisa de antibiótico).

A Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia recomenda que só se suspeite de uma sinusite quando os sintomas de [um resfriado] pioram após o 5º dia ou persistem por mais de 10 dias. Nesses casos vale a pena procurar um médico, porque se houver mesmo sinusite, existem tratamentos capazes de acelerar a cura. Os antibióticos, como a amoxicilina e a azitromicina, são muito usados, mas há poucos anos já se sabe que existem outras opções de remédio pelo menos tão eficazes quanto os antibióticos. Levando em consideração que o uso de antibióticos no primeiro ano de vida aumenta o risco de asma, e que boa parte (uns 5%) das pessoas que usa antibióticos tem efeitos adversos como diarreia, vômitos ou dor no estômago, qualquer alternativa aos antibióticos é bem-vinda. (Leia também: Medicamento genérico é melhor que similar.)

Outro campeão de audiência, quando se fala em sinusite, é o famoso raio X. As radiografias ajudam muito pouco no diagnóstico de sinusite: 10% a 27% dos casos têm radiografias normais, e 10% a 80% das pessoas sem sinusite têm radiografia sugestiva de sinusite. Radiografia não causa vômito nem asma, mas é uma causa importante de câncer, então é melhor só pedir quando o exame tiver alguma chance de mudar a conduta médica. (Leia também: Nem sempre é melhor prevenir do que remediar.)

Isso não é um capítulo de livro, e não dá para ficar descrevendo tudo o que a pessoa pode ou deve fazer em caso de resfriado, gripe, sinusite ou outras infecções das vias aéreas superiores. Mas espero que, daqui para frente, os leitores do Doutor Leonardo tenham a mente mais aberta ao procurar um médico (inclusive pediatra!), e tenham uma noção melhor de quando vale a pena procurar uma consulta de urgência. Dependendo da popularidade do assunto, posso complementar com outros artigos — aceito sugestões!

29 ideias sobre “Como identificar os sintomas da sinusite

  1. Leonardo Savassi

    Perfeita a postagem. Se todos a lessem, cairia o mito do Raio X de seios da face no pronto-atendimento de pediatria. Sinusite tem diagnóstico eminentemente clínico, vários algorítimos e muitas dúvidas pelos próprios pediatras. Como aliás as IVAS em geral, que devem ter o maior desvio padrão de condutas por médicos de família, pediatras, internistas e afins. Que vão desde o uso de descongestionantes e antitussígenos (proibidos nos EEUU para menores de 2 anos), até o antibiótico “profilático” desnecessário.
    Vale a pena aprofundar estudos na expectativa do paciente para entender porque sempre precisamos de dar uma receita para algo que muitas vezes deveria ser mantido longe do médico, ou pelo menos do pronto-socorro. O ideal seria o médico de controle (ainda existe na saúde suplementar?), com retorno em curto prazo (tem agenda com o volume de atendimento do PSF/SUS?), para reavaliação pelo mesmo profissional visando evitar iatrogenia.

    Responder
    1. Leonardo Fontenelle Autor do post

      Bom dia, xará. Agradeço a visita e os comentários.

      Tenho para mim que as expectativas que as pessoas têm dos serviços de saúde são fortemente influenciadas pela consistência com que os profissionais agem desta ou daquela forma. Se um profissional costuma chegar no horário, em algum tempo os pacientes começam a chegar no horário para a consulta. Se ele atende rápido, as pessoas começam a achar aquilo natural. (Não é só suposição, é observação.) Acredito que a cultura de se esperar radiografias para sinusite, ou a prescrição irresponsável de sedativos, decorre em grande parte da conduta profissional, presente ou pregressa.

      E aí a gente entra numa discussão que, para você, deve ser bem conhecida. O que é um bom profissional, e como estimular um profissional a trabalhar bem? Na maioria dos pronto-atendimentos em que já trabalhei, um bom profissional é aquele que atende mais pacientes. Não importa se a conduta está errada, ou se o paciente vai voltar daqui a 12 horas porque não confiou no profissional. (Aliás, em hospital particular, se o paciente procurar repetidamente o pronto-atendimento, é até melhor!) E a forma mais rápida e indolor (para o profissional) de se livrar de um paciente é fazer aquilo que o paciente espera, sem informá-lo dos riscos e benefícios como exige o Código de Ética Médica (e o bom senso). Quer um “raio X”? Aqui está. Quer um antibiótico? Claro!

      Eu costumo brincar que falar em “produtividade” em um serviço de saúde é ridículo, que a gente não produz coisa alguma, que na melhor das hipóteses, conserta.

      Responder
  2. Pingback: Nem sempre é melhor prevenir do que remediar | Doutor Leonardo

  3. Gaston Ribeiro

    Leonardo , parabéns em primeiro lugar pelo site está
    tudo bem explicado , me tirou algumas dúvidas …
    Porem queria tirar outras , se pudar me ajudar agradeço desde já …

    Responder
  4. julio pedro david dos santos

    damos graças a Deus ainda existe humanos no mundo que pensa nos outros na busa de curas p/ doenças graças dou a vc que lutam pela humanidade

    Responder
  5. Guti

    queria fazer uma pergunta! eu acho q é sinusite ! antes da sinusite me ataca minhas vistas começão a formigar(tipo não conseguindo visualizar o fóco onde vc quer encherga).
    depois ha uns 10 minutos a dor de cabeça vem por sima entre as sonbrançelhas .será q isso é sinusite? se vc poder me responder doutor se é ou não sinusite ou se parece com outra doença fico grato!

    Responder
    1. Leonardo Fontenelle Autor do post

      Guti, não tenho como ajudar você pessoalmente através deste blog. Mas a sinusite costuma ter tosse e/ou pigarro, o que parece que não é o seu caso. Algumas dores de cabeça, como a enxaqueca, existem por si só, sem serem causadas por outra doença. Sugiro que você agende uma consulta com seu médico de confiança.

      Responder
  6. Pingback: Mamografia aos 40 anos é controversa | Doutor Leonardo

  7. Vera

    Dr. Leonardo, meu filho de dez meses está com uma secreção de cor verde e com mau cheiro saindo pelas narinas, estou muito preocupada com essa situação, pois o mesmo se encontra muito enjoado (chorando muito),será que é sinusite? tenho que procurar um pediatra com urgência?

    Responder
  8. Lorena

    Olá doutor Leonardo, tudo bem?
    Olha eu tenho rinite há anos e segundo o médico desenvolvi sinusite desde o ano passado. Estou na quarta crise e todas as vezes tenho que tomar antibióticos. A verdade é que não sou muito chegada a tomar remédios e estou muito apreensiva, pois se todas as vezes eu tiver que tomar antibióticos vou me acabar né? A período crítico dura uns 2 dias e depois vem a tosse sem fim…uma vez relutei em ir ao médico e fiquei uns 15 dias tossindo o dia inteiro (sem exageros). O fato é que quando eu tomo o antibiótico a tosse cessa.
    Enfim, existe algum outro recurso para fazer a tosse cessar?
    Grata

    Responder
    1. Leonardo Fontenelle Autor do post

      Lorena, para prevenir novos episódios de sinusite você precisa consultar um médico.

      De cada 6 pessoas que tomam antibiótico para sinusite, apenas 1 melhora por causa do antibiótico, para as outras não faz diferença. Mas, com o antibiótico, a sinusite é curada muito mais rápido!

      Responder
  9. Lorena

    Obrigada! Estou fazendo o tratamento, mas mesmo assim as crises me perseguem. Gostei de saber dos dados, pois às vezes penso que mesmo os médicos recorrem ao antibiótico indiscriminadamente.

    Responder
  10. thais

    Dr. , eu tenho quase certeza q o q eu tenho e sinusite.. a Dra do pronto socorro me passou anti alergico mas n estou vendo melhoras ! tenho febre, dor no corpo, e dor de cabeca entre os olhos e em cima deles.. sinto tipo uma pressao ! meu nariz nao escorre.. mas ha um tempo atras descia uma secreçao do meu nariz do nada.. e eu nem estava resfriada!! mas agra q estou em crise nao desce e nao tem tosse.. ten ideia do q pode ser ?? obrigada

    Responder
  11. sandra

    ola doutor meu filho tem sinusite e sangra muito o naris é normal tem dias quando fica bem atacado fico diseperada …chego sentir medo me ajude a esclarecer esta duvida obrigado

    Responder
  12. Fernanda

    Olá doutor!

    Estou com sinosite conforme diagnostico do meu medico, mas estou tomando antibiotico a 2 dias e nada de melhorar, tenho sensação de mal estar, tosse, e agora estou com diarréia, talvez p causa do antibiotico que é azitromicina. Nunca tive sinosite e gostaria de saber se ela é demorada assim p curar? E se o rémedio é normal dar dor na barriga e diarreia..

    obrigada

    Responder
  13. ana paula

    Dr. Meu filhos tem rinite alérgica. Tratam com desalex e nasonex. Mas sempre acaba evoluindo para sinusite, otite, e etc.
    Já fazem tratamento com alergista. Tomam muito antibiótico no ano , cerca de 6 vezes.
    Existe tratamento com vacinas eficazes para sinusite. Ele tem 5 e ela 3 anos. Moramos em CUritiba

    Responder
  14. Eliana Spinola de Oliveira

    Olá!
    Minha filha também alergia,faz tratamento com vacinas,mas vira e mexe tem sinusite e precisa fazer uso de antibioticos. É DESGASTANTE PARA CRIANÇA FICAR SEMPRE TOMANDO MEDICAÇÃO. SERÁ QUE EXISTE ALGUMA OUTRA ALTERNATIVA?

    Responder
  15. aninha

    oi meu filho estar varios dias gripado e o catarro e esverdeado e a garganta um pouco inflamada.tomou varios remedios nada adiantou estou aflita!levei ele novamente. ao medico ele disse que pode ser sinusite receitou 14 dias de amoxilina e abroxinou para tosse .meu bebe tem 3anos e nove messes!

    Responder
  16. maria das neves de souza

    Dr. seu comentario foi muito importante para o mim pois conseguir tirar duvidar sobre minha doença, que é sinusite. Quem tem sinusite pode tomar bastante agua gelada, ou se estiver no sol e logo apos tomar um copo de agua pode provocar a sinusite. Ob

    Responder
  17. EDNA MARIA DA SILVA

    EU SÓ A C S 13 ANOS, ESTOU COM PROBLEMA DE SAÚDE ESTOU A FASTADA DA AREIA SÓ ESTOU PRESTADO SERVIÇO DENTRO DO PSF. ESTÃO QUERENDO MIM COLOCA EM OUTRO SERVIÇO FORA DA SAÚDE ELES PODE FAZER ISTO. EU QUERIA MIM CUITÁ DA MINHA SAÚDE E VOLTA PARA JUNDO DA MINHA AREIA. ESTÃO COLOCADO OUTRA NO MEU LUGAR.

    Responder
  18. vanessa delmute da silva

    ola dr meu filho tem 2anos e 4meses e percebi a duas semanas uma secreção com mau cheiro do naris dele estou muito preocupada e para completar não consigo marcar uma consulta se quer com a pediatra dele pelo sus o que eu faço me ajude.ah não posso deixei dele falar que ele esta ficando com mau halito será que tem ligação com o mau cheiro do nariz? Me ajude…

    Responder
  19. cleidiane santos

    meu filho estava com a garganta inflamada levei ao pediatra e receitou amoxilina apos apos 3 dias de administração começou uma tosse e coriza o que pode ser.

    Responder
  20. Fabiola

    Dr. Leonardo..minha filha está com muita tosse, febre, coriza com catarro esverdeado..o pediatra avaliou e diagnosticou sinusite. Passo amoxicilina clavulanato e dipirona para febre. Quando se inicia o tratamento quais sintomas a criança pode apresentar?

    Responder

Deixe uma resposta