Chocolate amargo pode prevenir insuficiência cardíaca

Pesquisadores suecos acompanharam quase 32 mil mulheres (com 48 a 83 anos de idade) durante 9 anos, recolhendo uma série de informações sobre seu estilo de vida e sobre sua saúde, e observaram que as mulheres que comiam chocolate tinham uma taxa de internação ou morte por insuficiência cardíaca 26% menor que a das mulheres que nunca consumiam o alimento. No início do estudo, nenhuma mulher tinha diabetes mellitus ou antecedente de insuficiência cardíaca ou infarto cardíaco. O efeito só apareceu para as mulheres que comiam chocolate com uma frequência entre 1 vez ao mês e 2 vezes por semana; comer chocolate 3 vezes ou mais por semana era tão ruim quanto não comer nem um pouco de chocolate. (Fonte: Medicina de Família.)

Existem cada vez mais evidências científicas de benefícios do chocolate para a saúde. Os autores do artigo científico citaram estudos clínicos que comprovaram uma redução da pressão arterial em quem comia chocolate, bem como outros estudos que observaram menos doenças cardiovasculares (cardíacas e circulatórias) em quem come cacau. (Leia também: Como prevenir e controlar a hipertensão arterial.)

No caso do artigo científico em questão, o objetivo principal era outro, tanto que o nome do grupo é Coorte Sueca de Mamografia. Mas quando você coleta de forma sistemática uma variedade de dados de uma grande população, é possível fazer estudos aninhados, ou seja, fazer novos estudos com os mesmos dados. O problema é que nenhum homem participou do estudo, de forma que as conclusões só são válidas, a princípio, para as mulheres.

Fruto do cacaueiro cortado ao meio

Dep. de Agricultura dos EUA (domínio público)

Acredita-se que os efeitos benéficos do chocolate sejam atribuídos aos flavonoides encontrados na semente do cacau, que é usada no chocolate (mas não no chocolate branco). Na Europa só se permite a fabricação e venda de chocolate com pelo menos 35% de sólidos totais de cacau, mas no Brasil esse limite é inferior: 25%. Dessa forma, os brasileiros devem ficar atentos à proporção de cacau no chocolate consumido, porque as conclusões da pesquisa científica não se aplicam ao chocolate ao leite.

1 thought on “Chocolate amargo pode prevenir insuficiência cardíaca

  1. Ministério da Saúde

    Olá!

    Você sabia que a Doença Falciforme é uma doença hereditária e que foi diagnosticada pela primeira vez há 100 anos? A anemia crônica e crises dolorosas em ossos, músculos e articulações podem ser um sinal da existência dessa doença, diagnosticada pelo Teste do Pezinho ou por exames de sangue. A descoberta do diagnóstico da Doença Falciforme começou há um século. A sua pode começar agora. Saiba mais em: http://bit.ly/9CJMlV

    Para mais informações:
    comunicacao@saude.gov.br
    http://www.formspring.me/minsaude

    Responder

Deixe uma resposta