Exercícios físicos previnem quedas em idosos

Há muito tempo se acredita que os exercícios físicos sejam capazes de melhorar a qualidade de vida na terceira idade. Mais especificamente, recomenda-se que os idosos pratiquem tanto exercícios aeróbicos (caminhada) quanto treinamento de equilíbrio e exercícios de força e resistência (musculação).

Casal de idosos andando de bicicleta numa área rural.

Pesquisadores australianos resolveram verificar até que ponto esse consenso encontra respaldo nas evidências científicas, e descobriram uma série de estudos clínicos confirmando que exercícios físicos multimodais são capazes de prevenir quedas em idosos. Além disso, existe alguma evidência também de efeito sobre a qualidade de vida, capacidade funcional (autonomia), e aptidão física.

O que os pesquisadores fizeram foi esquadrinhar a literatura científica atrás de estudos clínicos de alta qualidade. O relatório, publicado na revista britânica Age and Ageing, reuniu as características e os resultados de 11 pesquisas, sendo que destas 6 avaliaram o efeito dos exercícios físicos multimodais sobre o risco de quedas. Das 6 pesquisas, 5 confirmaram que os exercícios reduzem o risco de quedas, numa magnitude de 30% a 54%. A única pesquisa que não encontrou eficácia nos exercícios físicos foi realizada com idosos que usavam medicamentos psicotrópicos (para a cabeça); nessa pesquisa, a retirada da medicação diminuiu em 76% o risco de quedas.

Em todas as pesquisas, os idosos desenvolviam exercícios físicos em três modalidades, geralmente ao mesmo tempo, em 1 a 3 sessões semanais de 30 ou 60 minutos, sob a supervisão de profissionais de saúde. Confira a descrição dos exercícios avaliados:

  • Treinamento de força e resistência — musculação com ou sem aparelhos, geralmente com ênfase na parte inferior do corpo.
  • Treinamento de equilíbrio — exercícios variados de equilíbrio dinâmico e/ou estático e co-ordenação; Tai chi chuan.
  • Treinamento aeróbico — caminhada ou exercícios na cadeira.

Essa revisão da literatura científica reforça a importância dos exercícios físicos para a promoção de saúde. Apesar da maioria das pesquisas não ter encontrado um efeito direto sobre a qualidade de vida, a prevenção de quedas é importante para prevenir as fraturas por osteoporose, e assim prevenir a incapacidade que resulta dessas fraturas. Além disso, já se sabe que os exercícios físicos são capazes de prevenir uma série de doenças comuns e importantes, como a hipertensão arterial, o diabetes mellitus, e a própria osteoporose. Em resumo, um ótimo investimento!

Deixe uma resposta