Suplementos com cálcio parecem causar infarto

O British Medical Journal publicou, em 2010 e 2011, dois estudos que revisaram o efeito dos suplementos de cálcio, com ou sem vitamina D, sobre o risco de infarto agudo do miocárdio e AVC (derrame). Foram incluídas 9 pesquisas, com mais de 28 mil homens e mulheres de meia-idade e idosos; o risco de infarto se mostrou 24% maior entre as pessoas que tomavam suplementos com cálcio.

Pó de carbonato de cálcio sobre um prato transparente, sobre um fundo negro.

No primeiro estudo, que abordou apenas os suplementos de cálcio sem vitamina D, foi possível ainda analisar a influência do cálcio da alimentação. As pessoas cuja alimentação continha mais de 800mg de cálcio por dia tiveram um aumento de 85% em seu risco de infarto com o uso dos suplementos; já as pessoas com dieta pobre em cálcio podiam usar os suplementos sem risco adicional. Essa diferença é ainda mais importante ao considerarmos que uma alimentação com 800mg de cálcio por dia é o suficiente para minimizar fraturas de osteoporose. Com uma ingestão diária maior do que 800mg, o risco de fratura continua o mesmo, e talvez até aumente.

A falta de cálcio é prejudicial para a saúde do aparelho circulatório, mas os suplementos de cálcio aumentam de forma abrupta a concentração sanguínea do mineral. Acredita-se que, desta forma, os suplementos de cálcio poderiam ativar uma série de mecanismos que estão relacionados com o risco da pessoa sofrer um infarto agudo do miocárdio ou derrame. (Os estudos também encontraram um aumento, menos convincente, do risco de AVC com os suplementos.)

Essa é uma discussão muito nova, e por isso nenhuma pesquisa clínica até hoje foi planejada para elucidá-la. Os estudos descritos acima foram feitos reaproveitando dados de pesquisas que tinham outros objetivos, como avaliar o tratamento da osteoporose. Isso abre a possibilidade para uma série de vieses, de forma que não existe ainda uma conclusão sobre a relação entre os suplementos de cálcio e o risco de infarto e derrame.

Mesmo assim, é melhor conversar com seu médico antes de começar a tomar suplementos que contenham cálcio. Até porque, como veremos na próxima semana, estudos recentes indicam que a suplementação de cálcio e vitamina D é bem menos útil do que acreditávamos.

2 ideias sobre “Suplementos com cálcio parecem causar infarto

  1. Pingback: Cálcio e vitamina D só previnem fraturas em idosos no asilo? | Doutor Leonardo

  2. Pingback: Prevenção de fratura por osteoporose: bastam 800mg de cálcio por dia | Doutor Leonardo

Deixe uma resposta