Viciado em gomas de nicotina

Possivelmente depois de ter lido meu artigo sobre como usar adesivos de nicotina para parar de fumar, um leitor me perguntou:

Larguei de fumar faz 17 anos, mas viciei nas gomas de [nicotina]. Não consigo abandonar. O que devo fazer?

Como vocês sabem, não dá para fazer consulta médica através de blog ou e-mail. Por isso mesmo, minha resposta pode interessar a todos os leitores:

Prezado leitor,

A rigor, não tenho como dizer o que você deve fazer, porque esta conversa não conta como uma consulta. O que posso fazer é comentar o que
você me disse.

Em primeiro lugar, ao usar reposição de nicotina, nem todo o mundo presta atenção em uma coisa: a goma ou adesivo não vai fazer você parar de fumar. O que elas podem fazer é tornar tolerável a síndrome de abstinência que a pessoa sofre ao parar de fumar. Toda vez que a pessoa diminui a dose da goma ou adesivo, ela sente falta da dose anterior, mas isso é mais fácil tolerar do que parar de fumar ou mesmo parar de fumar aos poucos sem reposição de nicotina.

Em segundo lugar, apesar de eu desconhecer evidências sólidas a esse respeito, existem motivos para acreditarmos que o adesivo funciona melhor do que a goma. A diferença é que o adesivo tem um efeito gradual, de forma que a pessoa não sente falta dele (como é o caso entre as gomas) nem se acostuma a achar o adesivo algo gostoso.

Espero que isso ajude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *